Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2016

Vídeo-Documentário

Olá queridos leitores. Neste post ansiosamente falarei um pouco mais dessa minha saga que é a graduação de jornalismo. Você devem ter notado um sumiço meu por aqui, certo? Dentre tantos motivos a faculdade é, talvez, o mais forte. 5° semestre não é brincadeira, é uma correria só e os projetos vão ficando cada vez mais desafiadores e exigindo um trabalho cada vez menos amador. Na disciplina de Telejornalismo II foi nos passado a missão de fazer um vídeo-documentário, tema livre. Com todas as etapas, desde a idealização do tema, a ficha de entrevistas a serem feitas, a execução propriamente dita até a edição. Todas as etapas carregavam consigo seus obstáculos, mesmo um simples preenchimento de ficha pré-documentário. A realização das entrevista foi de um tamanho desafio, extremamente estressante, igualmente perigoso. Explico o porquê: O tema que escolhemos, sugestão dada pela colega integrante do grupo, foi TRABALHOS NOTURNOS. Uma idealização só! Pensamos o quanto seria honrado mostrar…

EMERGIR

Ano passado eu senti que estava perdendo as rédias da minha vida. Eu passei por uma situação que me colocou em crise emocional. Tudo graças a uma pessoas que nunca foi nada meu, nunca significou nada para mim, uma pessoas que eu nem ao menos conhecia direito!
Se você olhar a situação de fora vai achar que eu estou fazendo drama, que eu estou exagerando, eu acharia   se não fosse comigo. Só quem sabe as consequências de tudo sou eu e minha amiga, que passou pelo mesmo.
Hoje, depois de termos nos afastado da pessoa que nos "afetou", depois de levar um balde de água fria na cara para despertar, olhamos para trás e analisamos tudo o que aconteceu. No processo que eu só posso descrever como de cura, eu chego a conclusão de que eu estava sendo manipulada. Não persuadida. Manipulada.
Nesse processo  eu passei pela fase da tristeza, do ódio, da raiva, do rancor, do nojo e agora sinto que estou experimentando a indiferença, e quero deixar registrado que ela é uma delícia!
Eu me perd…

O Diário de Bridget Jones

ITEM 9, UM LIVRO ESCRITO POR UMA MULHER- DESAFIO CRÔNICA SEM EIRA

Este é um caso nada clássico em que o filme é melhor do que o livro.
O Diário é um daqueles livros que você sabe que vai ser só pra descontrair, e para isso ele serve bem. Escrito pela autora Helen Fielding e publicado pela BestBolso.
Contado, literalmente, na forma do diário da solteira de 30 e poucos anos Bridget que  sofre uma pressão enorme para casar-se e ter filhos. Você participa de um ano da vida de Jones e a luta dela em conseguir todos os itens de sua resolução de ano novo. Parar de beber, parar de fumar, emagrecer, e arrumar um namorado. E é claro ela falha quase todos os dias. Bridget, para piorar, é apaixonada pelo seu chefe (babaca) Daniel Cleave. A mãe chata dela não para de criticá-la e tentar jogá-la para cima de Marck Darcy, quem ela acha extremamente arrogante e chato mas se mostra um personagem hilário e apaixonante.

Eu tenho um sentimento conflitante com a protagonista, ela é doida, desastrada, inse…