Pular para o conteúdo principal

Literatura de entretenimento X Literatura de Clássicos

Quem será que está certo?



Existem pessoas que desmerecem a literatura atual, existem pessoas que até mesmo não consideram os livros infanto-juvenis atuais como literatura. E é sobre isso que conversaremos.
Li dois artigos que me inspiraram a escrever esse post. Um positivamente e o outro negativamente. O primeiro artigo que li foi sobre os 50 anos de carreira da escritora infantil Ruth Rocha que disse em entrevista que “A literatura de hoje em dia, não é literatura. É bobagem! Harry Potter não é literatura”. O outro artigo é da doutora em educação Gabriela Rodella que fala um pouco sobre as leituras em sala de aula.
De fato duas mulheres muito influentes com pensamentos completamente diferentes sobre os livros que os jovens leem. O que deve ser observado e que a Gabriela deixou bem mais claro é que é preciso sim trabalhar mais afundo com os livros, principalmente os clássicos, mas existe uma resistência dos jovens por causa da preferência. Vamos entender melhor?



O que acontece é o seguinte: a leitura está crescendo no Brasil. Há quem diga que ler está virando modinha, dê uma olhada por ai, o número de blogs literários é imenso. E isso é algo que de longe deve ser ruim.
Apesar disso os professores podem se deparar com uma sala em que de 30 alunos 3 já leram Machado de Assis. Controverso né?!
Isso é só uma questão de gosto, sabia?



Machado de Assis, José de Alencar, Álvares de Azevedo foram escritores que fizer e ainda fazem muito sucesso e inspiraram toda uma geração. Mas uma determinada geração dá lugar a outra, com outro pensamento, outra filosofia, outras ideologias e outra preferências.
Pode parecer uma frase muito comum mas é verdadeira. Gosto: cada um tem o seu.
As manifestações culturais (música, filme, livros) são instrumento poderosos que trazem revoluções, reformas políticas, transformam um país! Ok que você não vai ver isso em Crepúsculo, 50 tons de cinza, Toda Sua... Mas você sabe que esses livros foram alvos de questionamento feminino, esses livros formaram opiniões, a favor ou contra! Viu? A literatura atual te obriga a se posicionar sobre um assunto.
O legal no artigo da Gabriela é que ela fala sobre usar as coisas que os jovens leem em sala de aula, conversar, discutir e debater, depois chegar nos clássicos, que são indispensáveis. Assim os professores ganham a atenção de seus alunos e consegue levá-los a conhecer os tão importantes livros clássicos. A aula não vai se resumir a decorar como foi o movimento renascentista ou romancista.
Já a Ruth que me perdoe, respeito a opinião dela, mas ela além de estar desmerecendo o trabalho de outros escritores (desnecessário!) ela está desmotivando a leitura, coisa que vai contra os princípios de todos os autores né.
Não interessa o que os pré-adolescentes, adolescentes, jovens adultos, adultos, terceira idade estejam lendo, o importante é que nossa cultura e nossa ideologia só irá evoluir através do consumo desses materiais artísticos (filmes, livros e músicas). Não deve-se esperar que fiquemos paralisados em um só movimento literário, em uma só ideologia.


A partir de agora, se você quiser criticar as crianças e jovens leitores por escolherem Harry Potter, Percy Jackson entre outros, pare, pegue um desse livros, leia, reflita sobre o que ele traz de positivo. Tenho certeza absoluta que pelo menos uma coisa você vai identificar, todos os livros são portais mágicos para um mundo diferente que sempre, SEMPRE tem algo para nos ensinar, afinal "Não há livro tão mau que não tenha algo de bom"- Miguel de Cervantes.
Até nosso próximo papo literário  o/



Um obrigada especial ao meu (SOMENTE MEU) fotógrafo pessoal Eduardo Silva que me ajudou à tirar fotos exclusivas especialmente para vocês.

Comentários

  1. Eu adoro esses livro , acho bem interessante

    https://eesmaltecia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro ler livros assim e nao acho nem um pouco "não literario" ameeei o post! Bjos..

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro ler livros assim e nao acho nem um pouco "não literario" ameeei o post! Bjos..

    ResponderExcluir
  4. Para mim o importante é ler , eu não sou adolescente e gosto de ler livros de aventura e magia.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Pois é Thalita Delgado, eu também ador, como eu disse existem vérios gostos.

    ResponderExcluir
  6. Lena Gomes, é muito importante ler sim, tanto para aprender quanto para se entreter, estou sai da adolescência e tb amo.
    Beijos meninas, voltem sempre!

    ResponderExcluir
  7. Lena Gomes, é muito importante ler sim, tanto para aprender quanto para se entreter, estou sai da adolescência e tb amo.
    Beijos meninas, voltem sempre!

    ResponderExcluir
  8. É o tipo de leitura que gosto !!! ótima postagem
    bjs
    www.grazielamendes.com

    ResponderExcluir
  9. Nossa ótimo post adorei este tema !!! É até um bom tema para fazer artigos cientifico!!! Parabéns sucesso pra ti!!! www.thesabrinadiares.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Que legal o seu post, amei! Super verdade, seja o que for o é importante é ler! Os dois tipos de literatura são importantes!
    beijos

    www.lookdediva.com

    ResponderExcluir
  11. Prysciane Moraes com certeza o importante é ler! Obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  12. Ei Bárbara, concordo totalmente com você!
    A Ruth como grande escritora que é foi muito infeliz nesse comentário.

    Imagino que essas "mudanças de gostos" vão muito além da mudança de época, afinal existem pessoas que nasceram em uma mesma época mas enquanto uma gosta de sagas a outra gosta de Machado. É preciso que a gente reflita sobre isso...

    Como professora gosto de apresentar aos meus alunos várias opções e ao trabalhar um clássico prefiro sempre iniciar com uma versão em quadrinhos ou juvenil para que eles se interessem pela história.

    Leio de Harry Potter a José de Alencar e todos tem o seu espaço e admiração. Toda leitura é porta de entrada para o amor pela literatura!

    Beijinhos!
    http://www.diariodecasamentooficial.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Fico muito feliz em saber que uma educadora inova na hora de ensinar, é importante. E vc tem razão os gostos ultrapassam a época!
    Beijos, amo seu blog, to sempre por lá viu!
    Diário de Casamento

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Uma curiosidade sobre o jornalismo: mascote

Olá queridos leitores,
hoje eu vim aqui trazer para vocês uma curiosidade do jornalismo. É algo que eu descobri recentemente, achei interessante, e vim compartilhar.
Você sabe qual é o mascote que representa o seu curso? Ou o símbolo dele? Não? Não acha que seja algo relevante?
Pois saiba que na sua formatura, o(a) organizador(a) do evento terá a obrigação de saber para inserir na cerimônia, além disso o mascote ou o símbolo pode ter uma grande carga moral e ética que resume bem a sua futura profissão ou o perfil adequado, e lhe servirá de guia em sua jornada. Como exemplo eu trouxe os símbolos ou mascotes do jornalismo:
Foca: a foca é destinada a representar os recém formados (novatos) ou que estão prestes a entrar no curso, representa aqueles com pouco ou nenhuma experiência, a foca é considerada um animal curioso e observa tudo ao redor, pois é algo novo para ele, além disso ela demonstra determinação. Há aqueles jornalistas que não gostam muito dessa representatividade.



Raposa: ah…

Como transformar seu dia

Ela acorda pela manhã às 6:00, não dá tempo de colocar aqueles 5 minutos a mais no despertador, é preciso correr e se arrumar, mal da tempo de assimilar as coisas ao seu redor, ou de espantar o sono. Nessa fração de segundo, entre chutar o edredom e pisar na cerâmica gelada, o pensamento de desistir do seu dia assola sua mente, será que se faltasse do serviço só por hoje seria demitida? Por que ela não podia se permitir ser mais irresponsável? Tão rápido quanto veio o pensamento se dissipa, onde já se viu? A dificuldade 2x pior na vida de outras pessoas, os planos para o futuro, aqueles que dependem dela e até o mimo no fim do mês são desculpas suficiente para seguir em frente.
Seu dia começou.
Novamente.
Mais doses daquela rotina construída.
Seu dia tem tudo para ser como todos os outros.
Ela entra no metrô, abre um livro e se perde na rotina de outra pessoa, cavalga suavemente nas palavras que descrevem uma vida que não é sua. O fato de estar em pé e ter que ficar com o braço levan…

Playletras da superação

Olá queridos leitores. Já fazia um tempão que eu não fazia Playletras né? Para compensar eu trouxe uma lista com um propósito nobre. No playletras de hoje eu quero pedir que você baixe essas músicas, pode ser no celular ou no computador, de preferência quando estiver sozinho, escute em volume alto e preste atenção na letra. Deixe sua mente vagar pela mensagem porque as canções de hoje foram feitas e selecionada para ajudar você a superar, seja um término, seja pessoas ruins na sua vida, escolhas ruins ou erros que você não consegue deixar para traz, essas bandas de rock querem te incentivar a seguir em frente, então aperte o play and move on!
1° Pitty- Serpente A baiana Pitty é aquela melhor amiga que te manda a real! Ela vai te dizer o que você precisa escutar não o que você quer. Recentemente ela passou por uma fase bem difícil mas transformou essas experiências em um álbum de superação, a melodia é cheia de instrumentos diferentes que nos embalam em uma leve alegria e ainda remete…